09 setembro 2007

oroboro

começo
a ficar meio
sem fim

Um comentário:

makely disse...

Ótimo poema Guilherme! Está linkado!